Sexta-feira, Junho 21, 2024
Mais

    Artigos Recentes

    Projeto de cuidados veterinários gratuitos com apenas 15% de adesão

    O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) criou um projeto de cuidados veterinários com a iniciativa de constituir uma rede de serviços públicos veterinários. Com isto, os municípios apenas têm-se de candidatar a verbas, para que os mais carenciados obtenham ajuda na prestação de serviços veterinários. 

    É o primeiro ano da iniciativa, contudo a adesão não tem sido a esperada. As câmaras municipais necessitam apenas de apresentar as despesas relativas a tratamentos dos animais de famílias carenciadas para se candidatarem a este apoio, no entanto, são poucas a aderirem. Rodrigo Livreiro, presidente da Animalife, uma associação sem fins lucrativos, chamou a atenção para este projeto que pode ser uma maneira de combater o abandono animal

    O prazo de submissão das candidaturas termina a 13 de julho, mas até ao final desta quarta-feira apenas tinham recebido 15,5% de candidaturas, representando 48 dos 308 municípios portugueses. A ICNF reforça que falta menos de uma semana para o fim do prazo para candidaturas, sendo que não serão aceites candidaturas após a data final. 

    Segundo Rodrigo Livreiro a fraca adesão poderá ‘pôr em causa um programa de âmbito nacional’ que poderia proporcionar consultas e tratamentos médico-veterinários aos animais de famílias carenciadas, além da identificação, vacinação, desparasitação e esterilização. Reforçando a importância da medida para o combate ao número de animais abandonados no nosso país.

    A associação alerta que a falta de possibilidades dos donos reflete na vida dos seus animais, quer seja na alimentação como nos cuidados médicos destes, levando por vezes ao abandono. O combate ao abandono acabou por ser a principal razão para a Animalife ter criado, no ano passado, o Banco Solidário Animal.

    Ao longo dos tempos a Animalife tem estabelecido protocolos com municípios e juntas de freguesia de forma a abranger um apoio social-animal às famílias previamente sinalizadas pelas instituições, para abranger os animais na equação e não apenas as famílias. 

    1 COMENTÁRIO

    1. Qual o motivo pelo qual os municipios não aderem. Qual o motivo pelo qual a lei não obriga os municípios a aderirem. Será que há municípios onde todos são endinheirados.

    Coloque aqui o seu comentário

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Latest Posts

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img

    Assine a nossa newsletter

    para ser atualizado com todas as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.