Sábado, Maio 25, 2024
Mais

    Artigos Recentes

    Portugal enfrenta Desafio do Abandono Animal: Censo Revela Realidade Preocupante

    O primeiro Censo Nacional de Animais Errantes divulgado pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) revela uma realidade preocupante: Portugal continental abriga quase um milhão de animais abandonados, sendo 830.541 gatos e 101.015 cães.

    Os dados compilados pela Universidade de Aveiro para o ICNF e financiados pelo Fundo Ambiental destacam a extensão do problema, com relatos alarmantes de sinistralidade rodoviária envolvendo animais. Entre 2019 e 2022, a Guarda Nacional Republicana (GNR) registou 4640 atropelamentos, dos quais 4443 envolviam cães e 197 gatos. O ano de 2020 foi particularmente preocupante, com 1428 cães e 84 gatos atropelados.

    Além disso, o censo revela sentimentos de insegurança por parte da população em relação aos cães errantes, com 27,2% dos inquiridos relatando terem-se sentido fisicamente ameaçados por estes animais, e 7,2% admitindo ter sido atacado.

    Os resultados também evidenciam diferenças significativas na responsabilidade dos proprietários de gatos e cães. Enquanto os proprietários de cães demonstram elevados índices de detenção responsável, identificando e registrando todos os seus animais (92%) e supervisionando-os no exterior (92%), os proprietários de gatos apresentam menor responsabilidade, especialmente no que diz respeito à identificação individual e ao acesso ao exterior sem supervisão.

    O estudo ressalta ainda que a maioria dos inquiridos adquiriu animais a criadores (23,9%), pela internet (5,3%) ou em lojas de animais (1,4%), destacando a necessidade de sensibilização sobre a importância da adoção responsável.

    Para enfrentar este desafio, foi desenvolvida a aplicação “Errantes”, que permite aos utilizadores registar dados sobre os seus animais de estimação e avistamentos de animais errantes, contribuindo para um melhor entendimento e gestão deste problema crescente.

    O censo lança luz sobre a situação do abandono animal em Portugal, destacando a necessidade urgente de estratégias eficazes para promover a adoção responsável, prevenir atropelamentos e garantir o bem-estar desses animais vulneráveis.

    Portugal enfrenta Desafio do Abandono Animal: Censo Revela Realidade Preocupante
    Fonte: Publico

    Coloque aqui o seu comentário

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Latest Posts

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img

    Assine a nossa newsletter

    para ser atualizado com todas as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.