Domingo, Maio 26, 2024
Mais

    Artigos Recentes

    Displasia da Anca: UTAD e CPC estabelecem protocolo para o diagnóstico precoce

    Foi estabelecido entre o Clube Português de Canicultura (CPC) e a UTAD (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro) um protocolo relacionado com o diagnóstico precoce da Displasia da Anca.

    Assim, até junho de 2023, será permitida a realização gratuita de exames radiográficos no Hospital Veterinário da UTAD para as raças portuguesas. No que concerne a outras raças, com registo do CPC, o preço será muito reduzido.

    No Hospital Veterinário da UTAD estão dois projetos em funcionamento: o Dys4Vet e o TraDACa, ambos relacionados com o diagnóstico precoce da Displasia da Anca no cão (a partir dos 4 meses de idade) através da avaliação da lassitude articular realizada numa radiografia de stress (com o uso de um distrator da anca).

    O objetivo é o de obter uma melhor execução destes projetos, visando a divulgação desta forma de diagnóstico da Displasia da Anca em Portugal.

    Está incluído também neste serviço a elaboração de um relatório radiográfico que será entregue ao proprietário do animal e ao CPC, se solicitado pelo dono.

    Também é possível realizar estes exames radiográficos noutros hospitais veterinários (cerca de 20), sendo que, nestes, os custos dos serviços médico-veterinários obedecem ao preçário do local, disponibilizando a UTAD um relatório gratuito quando solicitado.

    Coloque aqui o seu comentário

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Latest Posts

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img

    Assine a nossa newsletter

    para ser atualizado com todas as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.