Segunda-feira, Junho 17, 2024
Mais

    Artigos Recentes

    Cão viciado em álcool torna-se o primeiro a receber tratamento num abrigo britânico

    Coco, um labrador castanho, de 2 anos, foi o primeiro cão no mundo a ser tratado por dependência alcoólica, no caso por uma equipa de resgate do Reino Unido.

    O caso aconteceu na cidade inglesa de Plymouth e foi divulgado na semana passada pelo grupo de resgate animal da associação Woodside Animal Rescue Trust, no Facebook.

    De acordo com a associação, Coco foi levado para o abrigo acompanhado de outro cão após a morte do seu antigo dono. Consta que este se esquecia de bebidas alcoólicas em locais de fácil acesso para os animais, tendo sido assim que Coco se viciou. 

    Quando chegaram ao abrigo, ambos os animais pareciam estar indispostos. “Felizmente, um veterinário estava no local na altura e conseguiu tratá-los de emergência, mas infelizmente o amigo de ‘Coco’ faleceu, apesar dos nossos melhores esforços”, lê-se na publicação da instituição. “Coco continuou gravemente doente e precisou de cuidados 24 horas por dia. Ficou claro que ele sofria de sintomas que apontavam para a abstinência alcoólica”, continuou.

    O cão conseguiu recuperar, mas ficou internado quatro semanas para evitar qualquer sinal de abstinência ou piora no quadro clínico. “Coco está connosco há mais de um mês, tendo necessitado de cuidados intensivos desde que chegou. A sua história é trágica e evidencia o quão importante é a nossa unidade de cuidados especiais”, realçou ainda a Woodside Animal Rescue Trust.

    Após o intenso acompanhamento, Coco está agora sem medicação e a começar a agir como um cão normal, apesar de ainda não estar pronto para a adoção. “Embora fisicamente pareça ter se recuperado, mentalmente ele ainda fica muito ansioso, às vezes”, denotou a associação.

    A Woodside Animal Rescue Trust rematou reforçando o número de mortes associadas a cães que sofrem deste problema: “Ninguém conhece as especificidades sobre como estes cães se tornaram alcoólicos, mas sabemos que sem os nossos cuidados o Coco provavelmente não teria sobrevivido”.

    Foto: Woodside Animal Rescue Trust / Facebook

    Coloque aqui o seu comentário

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Latest Posts

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img

    Assine a nossa newsletter

    para ser atualizado com todas as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.