Sábado, Maio 25, 2024
Mais

    Artigos Recentes

    Proteja o Seu Cão da Lagarta do Pinheiro neste Verão

    Com a chegada do tempo mais quente, os passeios ao ar livre com os nossos amigos de quatro patas tornam-se mais frequentes. No entanto, é importante estar atento a alguns perigos, como a lagarta do pinheiro, que é comum nesta época do ano e pode representar um risco para os cães.

    A lagarta do pinheiro, também conhecida como “processionária”, é um inseto desfolhador que pode ser encontrado em pinheiros e cedros. O nome “processionária” deriva-se do facto de estas lagartas se deslocarem em fila quando descem das árvores para o solo, onde se enterram para se transformarem em crisálidas. Durante a sua deslocação, as lagartas libertam pelos urticantes que podem causar alergias na pele, mucosas e olhos, tanto em humanos como em animais.

    Recomendações para prevenir o contacto

    1. Evitar Zonas Arbóreas Suspeitas: Evite caminhar em áreas onde existam pinheiros, abetos ou cedros, especialmente no início da primavera ou no final do inverno.
    2. Manter os Cães com Trela: Durante os passeios, mantenha os cães sempre com trela. Assim, é mais fácil evitar que se aproximem de locais onde as lagartas possam estar presentes.
    3. Respeitar os Sinais de Aviso: Esteja atento aos sinais de aviso em zonas públicas e evite locais onde tenham sido aplicados tratamentos inseticidas ou armadilhas para lagartas.
    4. Reportar Ninhos de Lagartas: Se identificar ninhos de lagartas em locais públicos, contacte as autoridades competentes, geralmente as autarquias, para a sua remoção.

    Sinais de alerta a que deve estar atento

    Mesmo com todas as precauções, os cães podem entrar em contacto com a lagarta do pinheiro. É importante estar atento a alguns sinais que podem indicar uma reação alérgica:

    • Mudança no Comportamento: Inquietação ou nervosismo inexplicáveis.
    • Problemas de Pele: Urticária, vermelhidão ou inchaço na pele, especialmente no rosto.
    • Sintomas Oculares: Inchaço das pálpebras, vermelhidão nos olhos, sensibilidade à luz.
    • Problemas Respiratórios: Dificuldade em respirar, tosse ou outros sinais de problemas respiratórios.

    O que fazer em caso de suspeita de contacto

    Se suspeitar que o seu cão teve contacto com uma lagarta do pinheiro, tome as seguintes medidas:

    Contacte o Veterinário: Procure assistência veterinária imediatamente.

    Abandone o Local: Saia da área onde o contacto ocorreu.

      Evite o Contacto Direto: Evite tocar no seu cão com as mãos desprotegidas.

      Lave as Áreas Afetadas: Lave cuidadosamente as áreas afetadas com soro fisiológico ou água.

      É crucial agir rapidamente em caso de suspeita de contacto com a lagarta do pinheiro e procurar assistência veterinária assim que possível. Ao estarmos atentos e informados, podemos garantir o bem-estar dos nossos companheiros de quatro patas durante os passeios ao ar livre neste verão.

      Fonte: Dogs PT Magazine

      Coloque aqui o seu comentário

      Por favor digite seu comentário!
      Por favor, digite seu nome aqui

      Latest Posts

      spot_imgspot_img
      spot_imgspot_img

      Assine a nossa newsletter

      para ser atualizado com todas as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.