Sexta-feira, Março 1, 2024
Mais

    Artigos Recentes

    Bombeiros de Cacilhas despedem-se de Índio, o cão que “será sempre recordado pelo seu sorriso e olhos doces”

    Índio, um cão operacional dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas, de raça Labrador Retriever, morreu na passada semana, aos 15 anos, vítima de doença prolongada.

    “Este elemento foi um dos canídeos operacionais que constituiu a nossa Equipa de Busca e Salvamento na altura da sua fundação, em 2019, e contava já com uma vasta experiência ao serviço de outras associações”, afirmam os Bombeiros Voluntários de Cacilhas numa publicação no Facebook, destacando “exercícios e missões internacionais”, acompanhado do seu tutor, o bombeiro Avelino Almeida.

    O animal estava reformado desde 2021 devido à sua idade, mas continuava a ter uma vida ativa.

    “O Índio continuava com o seu faro apurado e fazia esporadicamente treinos leves com a equipa, para se divertir e mostrar aos mais novos como se fazia”, pode ainda ler-se na mensagem de despedida.

    Os Bombeiros Voluntários de Cacilhas dizem que a equipa “ficou mais pobre” e irão guardar “sempre as memórias da dinâmica e operacionalidade do Índio”, a quem apelidavam de “O Imperador”.

    O seu dono despediu-se do cão, publicando um vídeo de vários momentos de Índio, ressalvando que “será sempre recordado pelo seu sorriso e olhos doces”.

    Foto: Facebook/ Avelino de Almeida

    Coloque aqui o seu comentário

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Latest Posts

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img

    Assine a nossa newsletter

    para ser atualizado com todas as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.