Sábado, Junho 22, 2024
Mais

    Artigos Recentes

    Seis cães de busca integram missão portuguesa na Turquia

    Cinquenta e três operacionais da Proteção Civil, INEM, GNR e sapadores bombeiros, acompanhados por seis cães de busca, integram a missão portuguesa que deverá partir hoje para a Turquia, afim de apoiar os esforços de busca e salvamento após o sismo de segunda-feira, que já fez mais de onze mil mortos.

    “Ontem ao fim do dia, a Proteção Civil, em articulação com o mecanismo de coordenação de resposta de emergência europeia decidiram os meios necessários para apoiarmos esta operação de busca e salvamento nestas circunstâncias tão trágicas que estão a viver o povo turco e o povo sírio. Nas próximas horas, uma equipa de 53 elementos da Proteção Civil, GNR e também de emergência médica sairá do nosso país para se juntar aos esforços europeus de cariz humanitário de proteção civil e, particularmente, no caso do apoio português, da busca e do salvamento”, avançou o ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, em declarações aos jornalistas, em Coimbra.

    A previsão é que a missão seja de 10 a 15 dias, mas poderá ser estendida, consoante aquilo que a equipa encontrar no terreno e em função da política externa portuguesa, acrescentou o responsável.

    Além dos 53 elementos, Portugal enviará também equipamento de busca e salvamento, mas não equipamento pesado.

    Os abalos, o maior dos quais com magnitude 7,8 na escala de Richter, derrubaram milhares de edifícios no sul da Turquia e no norte da Síria.

    As equipas de socorro mantêm-se nos locais afetados, com os trabalhos dificultados pelas baixas temperaturas que se registam na região.

    Foto: Getty Images

    Coloque aqui o seu comentário

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Latest Posts

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img

    Assine a nossa newsletter

    para ser atualizado com todas as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.