Sexta-feira, Junho 21, 2024
Mais

    Artigos Recentes

    Doenças a ter cuidado no verão

    Com a chegada dos dias quentes, chegam as férias e os dias de praia e os patudos por vezes, são os grandes acompanhantes destas aventuras, no entanto, existem doenças a ter cuidado no verão pelos tutores.

    André Santos, médico veterinário no Hospital Veterinário do Restelo alerta, “no verão há um aumento das doenças infeciosas e doenças provocadas pela subida da temperatura”. André partilha no seu perfil de Instagram, várias dicas, conselhos e ainda pequenos vislumbres do seu dia-a-dia, como médico veterinário e os diversos casos com que se depara. O médico veterinário decidiu recorrer a um curto vídeo, para explicar as 5 doenças mais comuns nesta estação algumas mesmo fatais para os nossos patudos ou ainda transmissíveis às pessoas.

    André neste vídeo chama a atenção para os golpes de calor. “Acontecem quando há pouca ventilação ou quando os lugares são pouco frescos, e é comum em raças braquicefálicas, como buldogues franceses e ingleses. É uma urgência e os animais podem morrer”. Deve estar assim atento aos vómitos, respiração ofegante e ainda convulsões.

    doenças a ter cuidado no verão

    Nesta época é importante estar também atento à infestação por ectoparasitas, como as pulgas e as carraças. O médico veterinário avisa “Não só há uma infestação como há uma transmissão de parasitas: no caso dos gatos é o micoplama [micoplasma felino, também conhecido como a doença da pulga] e no caso dos cães é a febre da carraça – que muitas vezes é fatal”.

    doenças no verão em pets

    Outra doença comum no verão é a leptospirose. “É provocada por uma bactéria quando há contacto com urina de ratos ou águas contaminadas e pode ser prevenida através da vacinação. Cuidado que é uma doença fatal e transmissível às pessoas”.

    As alergias ambientais, não são um problema apenas dos humanos nesta época, também os nossos patudos sofrem, seja por causa da erva, pólen e ainda picadas de insetos. André explica no seu vídeo que o problema “Manifesta-se sob a forma de dermatites, comichão, vermelhidão e falta de pelo” .

    Para finalizar, as queimaduras solares. O médico veterinário aconselha a utilização de protetor solar para evitar “queimaduras de pele em contacto com o sol, como o caso do nariz, orelhas e barriga” e ainda alerta para as “queimaduras das almofadas plantares ou palmares por contacto com pavimento que está muito quente, como o alcatrão”.

    Fonte:PiT

    Coloque aqui o seu comentário

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Latest Posts

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img

    Assine a nossa newsletter

    para ser atualizado com todas as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.